Dica – Configurar o Face ID no iPhone ou iPad para o reconhecer com máscara

O Face ID é um dos melhores métodos de segurança atualmente no segmento dos smartphones e tablets. Ao verificar o nosso rosto, procura mais de 30.000 pontos invisíveis para criar um mapa do nosso rosto em profundidade. Com a pandemia, as máscaras trouxeram um problema a este recurso, ele não nos reconhece e, para usarmos, o dispositivo temos de introduzir o código. Contudo… podemos expor a segurança de acesso ao dispositivo.

Então e se “ensinássemos” o nosso iPhone ou iPad a nos reconhecer mesmo com máscara?

Não podemos esquecer que o sistema é muito preciso e usa mais de 30 mil pontos relacionados com o nosso rosto. Portanto, mesmo que consigamos tapar o nariz, a boca e parte da cara, ele ainda assim tem muitos pontos para nos identificar.

 

Então, como podemos “ensinar” o Face ID a reconhecer-nos com máscara?

1.º passo: Vamos a DefiniçõesFace ID e código e vamos usar a opção Configurar uma aparência diferente.

2.º passo: Assim que escolhemos esta opção, devemos ter a nossa máscara apenas em metade do rosto. Como sabemos, a gravação do rosto no Face ID é feita em duas etapas. Como tal, a primeira etapa será com a máscara a cobrir a metade direita e a segunda também deverá ter a máscara na mesma posição.

3.º passo: Se o seu dispositivo avisar que o seu rosto está obstruído, afaste ligeiramente a máscara do centro do rosto. Siga o processo de configuração movendo a sua cabeça num círculo.

4.º passo: Será solicitado a concluir o processo mais uma vez – continue a segurar a máscara na mesma posição e do mesmo lado do rosto.

5.º passo: Assim que as duas digitalizações de Face ID forem concluídas, coloque a sua máscara e tente desbloquear o dispositivo. Se funcionar, ótimo! Caso contrário, repita a configuração.

Conforme vão poder ver, ao usar a máscara, o Face ID não irá ser tão rápido nem tão expedito como é em situações normais. Contudo, se fizer bem feito e usar a mesma distância da gravação do rosto, vai funcionar.